segunda-feira, 23 de novembro de 2015

AULA DE LIBRAS NA SALA DE RECURSOS MULTIFUNCIONAIS

A EEMC Flávio Rodrigues recebeu 04 jovens surdos do distrito de Santa Tereza com o objetivo de adquirir noções básicas de LIBRAS para se incluírem melhor no Sistema Educacional e na sociedade atual. 02 destas alunas estudam o 1º ano do Ensino Médio na Escola Quilombola Luiza Maria da Conceição que fica na comunidade de Três Irmãos no distrito supracitado, onde graças ao Professor Carlos Gentil, o qual é coordenador desta escola e incentivou os alunos a aprenderem LIBRAS para que os mesmos progridam na vida estudantil. A Professora da Sala Multifuncional Maria Eureni de Abreu e Silva acolheu bem as alunas citadas e deu início ao desenvolvimento de atividades.
Fotos:

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

I COPA CREDE 05 - Integrando educação e esportes


Na manhã deste dia 16 de outubro de 2015 (Sexta-feira), foi dado início a 1ª COPACREDE da Regional 05 aqui na Escola Flávio Rodrigues. 
A I Copa CREDE tem por finalidade, promover ampla mobilização do segmento escolar, incentivando o esporte como forma de inclusão social e estimulando a participação do aluno em atividades esportivas dentro da escola. Ao educar o jovem através da prática desportiva escolar estamos cada vez mais difundindo e reforçando a construção da cidadania, de um mundo melhor e mais pacífico, livre de qualquer tipo de discriminação e dentro de espírito de compreensão mútua, fraternidade, solidariedade, cultura da paz e fair-play (jogo olímpico). 
O evento contou com a presença do coordenador da Crede 05, Professor Rodolfo, secretários municipais, da Secretária de Educação Professora Mocinha. 
O Diretor da escola, professor Reinaldo agradeceu a presença e o empenho de todos os envolvidos e principalmente os professores de Educação Física que vem mobilizando os atletas. 
Fotos: 
PALAVRA DO DIRETOR REINALDO NA ABERTURA DO EVENTO
PALAVRA DA SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE CROATÁ-PROFESSORA MOCINHA

PALAVRA DO COORDENADOR DA CREDE 05-PROFESSOR RODOLFO
A ESQUERDA O COORDENADOR DE ESPORTES DO MUNICÍPIO-ALENCAR, CHEFE DE GABINETE DA CREDE 05-MÁRCIO, COORDENADOR DA CREDE 05-PROFº RODOLFO, DIRETOR DA ESCOLA-PROFº REINALDO, COORDENADOR DA ESCOLA QUILOMBOLA-PROFº CARLOS GENTIL, SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO-PROFª MOCINHA E O SECRETÁRIO DE MEIO AMBIENTE DO MUNICÍPIO-MACIDÔNIO
PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, JÉSSICA E OS SEUS ATLETAS
PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, SIMONE E OS SEUS ATLETAS
PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, MICHERLE E OS SEUS ATLETAS
PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA, ANGERLANE E OS SEUS ATLETAS

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

OLHA AS PROVAS DO ENEM SE APROXIMANDO

DICAS PARA O ENEM 2015
Dica de Hoje:
Não dá pra perder!  Com a nota obtida no Enem, você pode tentar uma vaga no Programa Universidade para Todos (ProUni), que permite a estudantes de baixa renda obter bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior. Os maiores de 18 anos também podem obter a certificação do Ensino Médio por meio do Enem.

Você ainda pode ter acesso ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), participar do programa Ciência sem Fronteiras e ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica
(Sisutec). 

Fonte: Seduc ce

REGRAS E INSTRUÇÕES DA REDAÇÃO ENEM.

VEJA O QUE PROVOCA NOTA ZERO E AS DICAS PARA NOTA 1000. NÃO PERCA PONTOS!
Fuja do zero na Redação do Enem. Veja as regras para saber o que vale ponto, as 5 Competências que são cobradas, e fique de olho nos erros mais graves que provocam Nota Zero na Redação. Confira abaixo.
O QUE PROVOCA NOTA ZERO NA REDAÇÃO DO ENEM:
- Escrever um texto desconectado do tema proposto;
- Não seguir no texto a estrutura dissertativo-argumentativa;
- Produzir textos com menos de 7 (sete) linhas;
- Colocar impropérios, desenhos e outras formas de provocação (hinos de clube de futebol, receitas de bolo, etc) e que estejam desconectadas do contexto da argumentação e do tema da redação;
- Desrespeitar os direitos humanos;
- Entregar a folha de redação em branco.
Assim, você não vai perder tempo pensando no que pode ou não fazer, e o que vale  e o que não vale pontos. Principalmente evitar o que pode derrubar a sua nota!

COMPETÊNCIA COBRADAS NA REDAÇÃO DO ENEM:
Nesse documento orientativo criado pelo Ministério da Educação você irá encontrar cada uma das cinco competências avaliadas na prova de Redação do Enem. São elas:
1. Demonstrar domínio da norma padrão da Língua Portuguesa;
2. Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo; 
3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação;
5. Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos. 
Outras recomendações:
- Faça uma leitura cuidadosa dos textos motivadores, bem como das instruções, a fim de compreender o que está sendo solicitado. Dica: Muitas vezes os textos motivadores aparecem em forma de charge. Não deixe de prestar atenção nas referências contidas nos desenhos. Eles trazem tanta informações quanto dos desenhos. 
- Leia com bastante atenção o tema proposto e observe qual tipologia textual é exigida (neste caso será um texto dissertativo-argumentativo).
- Leia os textos motivadores, observando as palavras ou os fragmentos que indiquem o posicionamento dos autores.
- Identifique, em cada texto motivador, a tese e os argumentos apresentados pelos autores em defesa de ponto de vista. 
- Reflita sobre o posicionamento dos autores dos textos motivadores. 
- Leia atentamente as instruções apresentadas após os textos motivadores.
Fonte: blogdoenem.com.br

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

ENEM 2015: SAIBA COMO USAR OS CONECTIVOS MAIS COMUNS NAS REDAÇÕES

Para cada tipo de relação que se pretende estabelecer entre duas orações, existe uma conjunção que se adapta perfeitamente a ela.
Ao elaborar uma redação, muitos estudantes se perguntam se estão empregando corretamente as palavras conectoras em seu texto. O uso correto dessas palavras é fundamental para garantir coerência à redação, contribuindo para a qualidade e precisão daquilo que se escreve na prova.
Confira a seguir os 13 tipos de conectivos mais usados em textos e entenda as suas respectivas funções:
1- Adição Esses conectivos servem para dar a ideia de acréscimo. Exemplos: “e”, “nem”, “também”, “não só… mas também”
2 – Alternância  Esse conectivo passa a ideia de mudança. Exemplos: “ou…ou”, “quer…quer”, “seja…seja”
3 – Causa Os conectivos que exprimem a ideia de causa servem para justificar determinada ocorrência. Exemplos: porque, já que, visto que, graças a, em virtude de.
4 – Conclusão Usados normalmente para elaborar um desfecho a determinada ideia. Exemplos: logo, portanto, pois.
5 – Condição Esse tipo de conjunção estabelece uma hipótese. Exemplos: se, caso, desde que, a não ser que, a menos que.
6 – Comparação Como o próprio nome já diz, trata-se de conjunções utilizadas para comparar um objeto/pessoa/acontecimento ao outro. Exemplos: como, assim como.
7- Conformidade Essas conjunções expressam a ideia de “estar de acordo com” alguma coisa ou pessoa. Exemplos: conforme, segundo.
8 – Consequência Essas conjunções expressam ideia de efeito ou resultado. Exemplos: tão… que, tanto…que, de modo que, de sorte que, de forma que, de maneira que.
9 – Explicação O nome já diz: essas conjunções são empregadas para explicar determinado acontecimento. Exemplos: pois, porque, porquanto.
10 – Finalidade Esses conectivos são usados para expressar a ideia de objetivo, intenção. Exemplos: para que, a fim de que, para (+ verbo no infinitivo).
11- Oposição Essas conjunções expressam a ideia de contraste. Exemplos: mas, porém, entretanto, embora, mesmo que, apesar de (+ verbo no infinitivo).
12 – Proporção As conjunções desse tipo indicam intensidade. Exemplos: à medida que, à proporção que, quanto mais, quanto menos.
13 – Tempo Esses conectivos servem para marcar determinado momento. Exemplos: quando, logo que, assim que, toda vez que, enquanto.